4 de fevereiro de 2007

Insanidades Aleatórias (Lixo, papéis e memórias...)

Há dias em que a vida parece passar tão, mas tão devagar diante de nossos olhos, que eu posso jurar que o cara que cuida da edição do tal do tempo gosta por demais da teclinha de slowmotion...
Hoje meu dia se esvaiu, como aquelas gotinhas de chuva que ficaram teimosas nas folhas das plantas, querendo só mais um pouquinho de abrigo.Cada raio de sol parecia infinito diante de todos os pensamentos que tentei esconder de mim mesma.
Sem querer fui tomada por lembranças, sorrisos e chorinhos escondidos no escuro.
Hoje foi dia de jogar o lixo fora...
Sabe aqueles papéis que você guarda por um tempão?Provas da escola, xerox da faculdade, bilhetinhos de butecos...Pois é, me desfiz de muitos deles hoje.Principalmente das provas da escola e dos bilhetinhos...
Enquanto aqueles papéis iam da minha mão para o lixo, ou então para uma nova pastinha para serem guardados por mais tempo, um filme ia se passando na minha cachola.Imagens de pessoas, lugares, toda uma sorte de personagens que fizeram parte da minha história.
Me surpreendi ao encontrar papéis que nem lembrava mais que existissem.E me surpreendi muito mais ao ver como eles têm o poder de despertar meu coração de gengibre (é...coração de gengibre, mas essa história fica pra uma outra hora...senão, haja espaço!).
Não tive coragem de jogar as cartas de adolescente fora, aquelas que minhas amigas da cidade de onde vim me mandaram, cheias de saudade.Também não consegui jogar alguns ingressos de shows(principalmente o do primeiro show do Bando =] ).
Mas joguei sem dó nem piedade coisas das quais achei que nunca fosse me desfazer.Bilhetes de amores vãos.Set lists pegos com suor.Escrivinhações escritas à mão.Cartas que nunca foram enviadas.
E percebi como nossos "apegos" mudam...Não todos, pois há aqueles que fazem parte de nossas veias (nas quais, no seu caso, deve correr sangue, enquanto que nas minhas corre cafeína) e não podem, por mais que queiramos serem separados de nós.
Meninoducéu!Encontrei minha caixinha secreta com meus diários!E fiquei pensando se minha mãe um dia já "encontrou" também.Em muitos escrevi em código...Lembra daqueles códigos absurdos?!Quanta criatividade pode existir em nossas cacholinhas traquininhas de adolescente hum? =]
Bom...No fim das contas(e dos lixos) reduzi a papelada e a memória em pelo menos um terço.Ao menos sobra mais espaço pra mais uns 10 anos.Se bem que nessa época de máquinas, talvez não haja, daqui a um tempo, tanto espaço para papéis...
Mas, com certeza, eu vou continuar guardando meus guardanapos escrevinhados, as cartas, os bilhetinhos e a memória, porque essa, apesar de às vezes ser bem preguiçosinha, pode guardar mais coisas que a maldita biblioteca do Vaticano.

2 comentários:

Taís disse...

UAU! Eu costumo guardar tantas coisas! Mas, normalmente, ao final de cada gestação emocional, pode-se dizer assim, quando realmente me sinto preparada para fazer a faxina no baú - sim eu tenho um!- tomo coragem e jogo no lixo muitas coisas que um dia foram muito importantes para mim, mas que hoje já não são mais. Os fatos que ficam na memória não precisam estar escritos todos em papéis.
Quanto aos diários???? Bem, ainda faço certas anotações perigosas nas agendas e as mantenho por perto.
Ao final de cada ano, queimo e jogo tudo no lixo, para que ninguém leia o que estava escrito.
Acho que preciso escrever, é uma necessidade básica minha.

By the way: seu blog ficou MUITO mais legal com este layout novo. Parabéns!

Luana disse...

Sabe q eu li um texto parecido com o seu esses dias? oO
Eu escrevo diário até hoje. Este ano ele é roxo, e cheio de adesivinhos.^^ E por algma razão eu ainda guardo lembranças concretas... Não só cartas, papéis, mas tb camisetas pichadas [aquelas de fim de ano qdo tdos os colegas escrevem n camiseta do colégo], fitas de presentes de amigos, objetos que me fazem lembrar momentos.. Tudo numa caixinha, com muito carinho. Ás vezes com muita dor tb... Mas é pra lembrar de quem somos, mesmo com dor... Um brinde aos escritores de diários! Tim tim...
Bj
*